Cromoterapia

CROMOTERAPIA – O que é? 

 

Na índia foi desenvolvida a maior cultura relacionada à aplicação das cores nos processos terapêuticos alternativos: a cromoterapia.

Um misto de religião e filosofia resultou na terapia alternativa hoje conhecida como cromoterapia. O conceito simplificado da aplicação das cores na saúde dos homens se dá através de alguns princípios básicos.

O primeiro princípio afirma que o homem possui um corpo energético, associado ao seu corpo material.

O segundo princípio observa que a harmonização e o equilíbrio do corpo energético é que produz a cura do corpo físico e da mente.

O terceiro princípio relata que no corpo físico existem milhares de portas para o corpo energético – denominadas chakras ou rodas – através das quais as cores (na forma de energia luminosa) exercem seu poder curativo.

               

                               Figura representando os 7 chakras básicos.

 

Atualmente, como herança do conhecimento e das crenças milenares da índia, desenvolveu-se toda uma terapia alternativa, baseada nas radiações coloridas – a cromoterapia.

Dos milhares de chakras identificáveis, os sete principais são apresentados na figura acima.

Cada pessoa pode apresentar uma dominância positiva ou negativa, sob influência de um chakra básico. Será através desses pontos que se aplicará a luz com determinada cor para transmitir o seu poder curativo.

Os chakras estão ligados entre si, formando uma única rede magnética. Desse modo, cada porta nutre-se das vibrações coloridas que necessita e redistribui para o corpo as outras radiações – equilibrando o organismo e a mente. Os ganhos e perdas de energia se dão através dessas ligações entre os chakras. Ao se aplicar um tratamento cromoterápico, o que se procura é nutrir o ser humano das energias necessárias, restaurando o seu equilíbrio energético, magnético. Entretanto, cada chakra fundamental está associado a uma vibração também fundamental – quer seja uma cor, uma nota musical. Os estudiosos da cromoterapia afirmam que a aplicação da luz correspondente ao chakra é a forma mais eficaz de aplicação dos benefícios curativos.

Desse modo, focos de luz com uso de filtros coloridos se tornam o modo universal de tratamento de luz quando aplicada nos locais de cada ponto energético básico.

Ao descrever as características de cada cor básica são apresentados os diversos efeitos sobre o corpo, para cada radiação. As maiores influências curativas serão obtidas quando aplicadas sobre o chakra da cor e, em muitos casos, também sobre os locais a serem tratados.

 

Propriedades de cada cor

 

Vermelho – Efeito vitalizante, excitante, estimulante. Fortalece o sangue, melhora a circulação, previne a anemia e eleva a temperatura do corpo. Combate a depressão e, em excesso, pode causar irritação e aumento da tensão nervosa.

Laranja – Estimula o sistema nervoso e promove a alegria. Fortalece as funções mentais, aumenta a energia física e dissipa o desânimo. Combate a insegurança e falta de vontade. É eficaz no tratamento de doenças como a epilepsia, as doenças respiratórias e as inflamações.

Amarelo – Desperta as faculdades mentais, ajuda a dominar o sistema nervoso, promove o optimismo e favorece a criatividade e o raciocínio. É usado no tratamento de problemas digestivos.

Verde – Promove o equilíbrio, a harmonia e a serenidade. Tem um efeito refrescante e tranquilizador, promovendo a sensação de confiança e segurança. É utilizado no tratamento de doenças cardíacas e circulatórias.

Azul – Efeito relaxante e apaziguador. Elimina a sensação de angústia e as perturbações nervosas, tem um efeito sedativo. Tem um efeito anti-séptico e é usado para aliviar cortes e queimaduras, para além de ser usado no tratamento de doenças da garganta e dos olhos.

Anil – Promove a elevação da mente e está ligado à beleza e à arte. É utilizado como anestésico e como calmante em estados de grande ansiedade ou excitação. É eficaz no tratamento de inflamações, dores (efeito analgésico) e doenças dos pulmões.

Violeta – Efeito benéfico sobre os nervos, promove a sensação de liberdade e combate as neuroses. Combate doenças dermatológicas e desentoxica o organismo. Promove a saúde de todas as células e tecidos.

Branco – Não é uma cor, mas sim a reunião de todas as cores. A cor branca é a luz emitida pelas superfícies que reflectem todas as cores. Ao receber luz branca, o organismo liberta todas as vibrações pesadas e negativas provenientes das doenças.

Preto – É a ausência de cor. Preto é o que vemos quando uma superfícies absorve todas as cores e não reflecte nenhuma. Não deve ser usada, uma vez que gera desarmonia e energias negativas.

 

 

 

Comments are closed.